Buscar

A MELHOR VACINA É PROTEGER A VIDA: HANSENÍASE


A Hanseníase, também conhecida como lepra, é uma zoonose bacteriana (Mycobacterium leprae), que acomete mais de 25 mil pessoas por ano, deixando o Brasil é o segundo país no mundo em quantidade de casos, atrás apenas da Índia. O consumo de animais silvestres, principalmente de tatus, pode transmitir essa bactéria para seres humanos.


Existe uma forte correlação entre o consumo da carne de tatu e a Hanseníase, e estudos demonstram que esse hábito está associado ao aumento de anticorpos contra a bactéria causadora. Essa doença provoca manchas brancas ou avermelhadas no corpo, compromete os nervos alterando a sensibilidade térmica, tátil e de dores na área da pele. Úlceras, caroços e formigamentos também são sintomas da Hanseníase.


O tatu é um dos animais silvestres mais perseguidos pela caça esportiva no Rio Grande do Sul. CAÇAR É CRIME. Veja a primeira publicação da campanha: A MELHOR VACINA É PROTEGER A VIDA: DIGA NÃO À CAÇA.


No próximo post traremos informações sobre a Leptospirose, doença com alta incidência no Rio Grande do Sul. Mais uma vez em parceria com o médico veterinário Elisandro Oliveira dos Santos

CURIO1.png