Buscar

Aula no butiazal muda rotina de alunos e professores

Aconteceu no dia 25 de abril a visita de alunos e professores da Escola Municipal João Tubino aos butiazais do Coatepe. Convidados pelo Instituto Curicaca e a Fundação Luterana de Diaconia (FLD) para conhecerem os trabalhos que vêm sendo realizados pela conservação e uso sustentável dos butiazais, não houve dúvida, a direção da escola organizou um sábado letivo num ambiente que, até então, era desconhecido para a maioria.


Os alunos foram recebidos na propriedade da família Aristimunho, visitaram o viveiro de produção de mudas da Dona Carmen, Seu João e da neta Gabi. Depois foram conhecer os butiazais, quando a equipe do Curicaca mostrou a maravilhosa paisagem, explicou os motivos de aquela população de palmeiras terem se estabelecido ali e as ameaças e oportunidades para a conservação do ambiente. Para ajudar a mantê-lo, é preciso garantir que as plantinhas cresçam, o que pode acontecer com opções de manejo sustentável da pecuária e implantação de ilhas de biodiversidade.

Coincidentemente, os alunos estavam naquela semana estudando o fenômeno da Globalização com seus professores e puderam ver como tudo está interligado percebendo as conseqüências das queimadas e do desmatamento nas mudanças climáticas. Além disso, aprenderam que para cuidar do meio ambiente é importante conhecer geologia, geografia, biologia, sociologia, economia e muito mais, áreas que se conectam na busca de soluções sustentáveis para o Planeta.


A iniciativa está associada ao Projeto Pampa, conduzido pela FLD e do qual o Curicaca é parceiro, e a um Pequeno Projeto conduzido pelo Curicaca com apoio da Fundação. O encontro levou a formação de um grupo de jovens, que estudam na escola e moram no butiazal ou perto dele. Serão os novos parceiros para o cuidado com a natureza local. As sementes do butiazeiro demoram a germinar, isso é certo, mas a planta e o ecossistemas quando crescem fazem do Pampa um lugar de beleza única!

CURIO1.png