Buscar

Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica inicia nova gestão

A reunião do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (CERBMA-RS), realizada no dia 13 de agosto, foi centrada na eleição da nova gestão do Comitê para o próximo triênio. Dentre as 18 instituições pertencentes ao Comitê, metade governamental e metade não governamental, foram renovadas as organizações não governamentais e as universidades.


O Instituto Curicaca assume a presidência do Comitê, pela segunda vez, e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE) passa a assumir a Vice-Presidência. A Fundação Estadual de Proteção Ambiental(FEPAM) foi eleita para a Secretaria Executiva, tendo como suplente a ONG MIRASERRA. Segundo o coordenador técnico do Instituto Curicaca, é um momento propício para uma composição com o IPHAE, pois a política da ONG é fortalecer cada vez mais a interdependência de natureza e cultura, sendo a reativação e atualização da Comissão de Tombamento da Mata Atlântica uma das ações fortes da nova gestão.


Na reunião, o Comitê tratou também do projeto de lei (PL) que pretende mudar completamente a gestão da atividade de silvicultura no Rio Grande do Sul, acabando com a necessidade de licenciamento ambiental. O comitê está preparando uma manifestação a respeito da situação grave que isso pode implicar, pois é uma atividade que impacta também a Mata Atlântica.


Os próximos passos da coordenação do Comitê é conduzir uma atualização do plano de ação da Reserva para o próximo triênio, definindo quais serão as principais abordagens e estratégias do Comitê para a realização de melhorias em algumas políticas públicas para a Mata Atlântica.

CURIO1.png