Buscar

COMUNICADO - Procedimentos de segurança adotados pelo Instituto Curicaca nessa fase da Pandemia

Essa comunicação à sociedade, parceiros, financiadores e apoiadores vem da necessidade de retomada pelo Instituto Curicaca de atividades essenciais em campo durante a atual fase da pandemia e para tranquilizar a todos apresentando as medidas de segurança que serão adotadas por nossa equipe com fins de reduzir ao máximo os riscos de contaminação.


O Instituto Curicaca adotou, desde o dia 16 de março de 2020, uma série de medidas para contribuir no enfrentamento da pandemia de Coronavírus. Dentre elas, o fechamento do nosso escritório, adoção de trabalho remoto integral, suspensão de eventos presenciais e viagens por nós organizados, assim como a suspensão da participação de nossa equipe em qualquer evento presencial organizado por outros. Mantivemos sob essa condição o andamento de diversos projetos, presença em reuniões de colegiados de políticas públicas, participações em eventos e discussões técnicas, sempre de forma virtual.


Construímos um cenário de possibilidade de retorno com atividades presenciais para fevereiro de 2021, após 10 meses de isolamento, porém, o quadro da pandemia no Brasil continua grave em todos os sentidos. Nos preocupa muito o aumento das mortes nos últimos meses, a redução do número de leitos disponíveis nas UTI dos hospitais, a forma insuficiente e cheia de inseguranças como a vacinação foi iniciada, a insistente negação e descaso para a gravidade da Covid-19 por uma parte da população e seus governantes. A vacinação é lenta, a maioria dos membros da equipe não se enquadra em grupos com prioridade, como boa parte da comunidade local com a qual nos relacionamos em atividades de campo.


Ao mesmo tempo, a nossa atuação envolve temas urgentes, que inclusive pioraram muito durante o tempo de isolamento social, como ameaças à sociobiodiversidade, crimes ambientais de caça e desmatamento, poluição dos oceanos por plástico, fragilização das políticas de conservação, etc., o que nos pressiona a retomada de atividades em campo que ajudem no combate a raiz desses problemas.


Nesse sentido, comunicamos que estaremos iniciando nas próximas semanas uma leve transição desde o isolamento total para a retomada de algumas atividades essenciais em campo, a fim de cumprir com alguns dos objetivos e atividades de nossos projetos que só podem ser realizados presencialmente.


Para que isso se dê com o menor risco possível tanto aos moradores locais como à nossa equipe, adotamos um Protocolo de Segurança para Atividades em Campo durante a COVID-19, com medidas listadas a seguir, ao qual gostaríamos de dar conhecimento.



● A equipe de campo deverá ser o mais reduzida possível, preferencialmente, duas pessoas do Instituto Curicaca que já mantêm contato doméstico e estão fora do grupo de risco.

● Ao estarem em deslocamento com veículo, as janelas devem ser mantidas parcialmente abertas para a circulação de ar e não poderá ser oferecida carona para um terceiro passageiro.

● Todos os membros da equipe devem usar máscaras continuamente, manter as mãos frequentemente higienizadas por álcool gel e lavá-las com água e sabão sempre que possível.

● Cada membro da equipe deve ter sua garrafa de água e caneca individuais, não podendo usar utensílios com esse fim oferecidos por moradores ou técnicos parceiros.

● A temperatura dos membros da equipe deve ser checada antes e após todas as atividades. Quando houver presença de febre, os membros serão imediatamente afastados das atividades e isolados em seu retorno.

● Para o deslocamento em campo, deve ser mantida uma distância mínima de dois metros entre cada membro da equipe.

● Os membros da equipe não devem compartilhar copos, garrafas de água ou equipamentos de segurança.

● Nas refeições, quando as máscaras precisam ser removidas, preferencialmente, devem ser consumidos lanches individuais durante o dia, o que facilita o distanciamento, e em refeições noturnas em restaurantes, deve ser mantido afastamento de no mínimo 2 m.

● O manuseio dos equipamentos necessários (GPS, armadilhas fotográficas, planilhas, canetas, etc.) deve ser organizado dentre a equipe para que não seja manuseado por mais de uma pessoa, preferencialmente, devendo ser higienizados com álcool 70ºGL ao final do dia e ao retorno à base.

● No contato com moradores locais ou técnicos parceiros, deve ser feito o uso contínuo da máscara, mantido afastamento de pelo menos 2 metros, sem aperto de mãos, abraços nem qualquer outro tipo de contato físico.

● Em ações de diálogos sociais, tipo reuniões das equipes de campo ou entrevistas, participantes ou entrevistados devem ser imediatamente informados que a equipe está seguindo procedimentos de segurança determinados pelo Instituto Curicaca visando evitar transmissão ou contágio com o vírus SarsCov2 e pedir desculpas por qualquer má impressão causada, agradecendo pela compreensão.

● Em ações de limpeza de ambientes contaminados por resíduos, além dos equipamentos de proteção naturais da atividade, os participantes devem usar luvas descartáveis, portar um balde individual para a coleta de resíduos comuns e um saco plástico individual para coleta de resíduos potencialmente contaminados (luvas, máscaras, outros objetos de uso pessoal). Estes sacos devem ser fechados, lacrados e descartados em local adequado conforme orientação do gestor de resíduos responsável pelo município, sem misturar com os resíduos recicláveis.


Esse protocolo, que será constantemente atualizado e adaptado às novas recomendações científicas, normas e decretos federais, estaduais e municipais, deverá ser antecipadamente a cada atividade em campo ser enviado aos parceiros que atuarão em conjunto.


Caso haja dúvidas ou sugestões para qualificarmos nossa atuação segura em campo, ficaríamos gratos em recebê-las. Juntos e empenhados conseguiremos superar os desafios sanitários, ambientais, culturais, sociais, econômicos e políticos para promovermos um Planeta sustentável.

Porto Alegre, 17 de fevereiro de 2021.

para promovermos um Planeta sustentável.



Gislene Monticelli

Coordenadora Geral do Instituto Curicaca