Buscar

Conselho do Parque de Itapeva solicita reunião com a secretária do Meio Ambiente

Conselho do Parque de Itapeva solicita reunião com a secretária do Meio Ambiente


No último dia 16 de junho, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul, o coordenador técnico da ONG Curicaca, Alexandre Krob, esteve presente na reunião do Conselho Consultivo do Parque Estadual de Itapeva (Peva). Na ocasião, foi elaborado documento que será entregue à Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), solicitando a presença da secretária da Sema na próxima reunião do Conselho.


O Parque, conforme aponta Krob, está sendo alvo de pressões políticas e privadas que vão de encontro aos interesses coletivos e difusos da Unidade de Conservação. Por isso, por meio do documento, o Conselho Consultivo do Peva, do qual a ONG Curicaca faz parte, solicita a imediata intervenção da autoridade máxima responsável pela Unidade de Conservação.

 

Já de uma longa caminhada setores afetados e envolvidos pelo Parque trabalham, através do Conselho, pela implementação da Unidade de Conservação, no sentido, de tentar construir uma base de consenso na melhoria da gestão do Parque.

 

Os membros do Conselho consideram de extrema importância a ação direta da Sema na realidade cotidiana da Unidade. Krob acrescenta que o novo governo comprometeu-se em intensificar a implantação das Unidades de Conservação do RS e, inclusive, colocou o Peva como um dos Parques da Copa 2014. “Parece que alguns setores locais não estão querendo incluir o turismo em Torres entre as atividades a serem oferecidas aos turistas estrangeiros, mas o Estado do Rio Grande do Sul deverá reagir a altura”, afirma o coordenador técnico da Curicaca.


O Parque


O Parque Estadual de Itapeva (Peva) faz parte do Bioma da Mata Atlântica. Ele comporta um dos últimos remanescentes, em unidades de conservação no Estado, da floresta paludosa. Além disso, por meio da vegetação de restinga, protege dunas móveis e fixadas, formando uma paisagem característica do litoral riograndense, contudo cada vez mais rara.


O Peva abriga espécies da fauna ameaçadas de extinção, como o sapinho-de-barriga vermelha (Melanophryniscus dorsalis) e a ave macuquinho (Scytalopus indigoticus). Também existem mamíferos, como o mico-prego (Cebus nigritus), o tamanduá-mirim (Tamandua tetradactyla) e espécies de cuícas, habitando o parque. 

CURIO1.png