Buscar

Curicaca convida população de Porto Alegre para audiência pública na capital sobre a Mina Guaíba

Audiência surgiu de uma demanda de diversas instituições, dentre elas o Instituto Curicaca, por haver riscos de impacto sobre os portalegrenses.

O evento acontece na próxima terça (20) visando a instrução de investigações iniciadas pelos Ministérios Públicos estaduais e federais sobre impactos ambientais do projeto Mina Guaíba e seus possíveis danos a populações da região metropolitana e da capital. O evento acontece das 18h às 24h, no Auditório do Ministério Público Estadual (Avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 - Torres Gêmeas - Porto Alegre/RS). Pessoas interessadas em participar podem se inscrever previamente neste link: http://bit.ly/30aosme Na hora e local serão abertas inscrições presenciais, para 20% da capacidade do auditório, que é de 500 lugares.


O Instituto Curicaca, na condição de presidente do Comitê Estadual da Reserva da Mata Atlântica, vai apresentar o conflito do empreendimento com essa área protegida e suas funções. O pedido da ONG para realização de audiência em Porto Alegre, enviado à FEPAM, que é o órgão encarregado do licenciamento ambiental, não foi atendido e até agora houve audiências do licenciamento somente nas cidades de Guaíba e de Eldorado do Sul, embora a proposta de locação apresentada pela Copelmi situe a Mina há apenas 15km do centro da capital.


O debate a ser feito dia 20 ocorre por determinação da Promotoria de Defesa do Meio Ambiente de Porto Alegre, do Ministério Público Estadual (MPE) e pelo Núcleo das Comunidades Indígenas e Minorias Étnicas do Ministério Público Federal (MPF).


CURIO1.png