Buscar

Mosaico pode atender demandas indígenas

Dando continuidade aos processos relacionados à proposta de criação de mosaico de áreas protegidas na região extremo-sul de Porto Alegre, apresentada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMAM), foi realizada reunião, agendada pelo Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, para interessados na questão e para continuação de debate anterior. O encontro aconteceu na aldeia Tekoá Anhetenguá, da etnia Mbyá-Guarani, localizada na Lomba do Pinheiro.


Após deliberações, foi redigida carta aberta dos Mbyá-Guarani, destinada à reunião do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, com as reivindicações e sugestões apresentadas pelos indígenas. Os índios, conforme declarou o cacique geral da etnia, José Cirilo Morinico, visam o recebimento da área de direito, prometida anteriormente pela Prefeitura de Porto Alegre e ainda sem resolução. Eles também têm interesse em participar das deliberações dos Conselhos das UCs inseridas na proposta. Por fim, manifestaram preocupação com difusão de sua cultura na busca por respeito e valorização e com a geração de trabalho e renda para a aldeia.


Os encaminhamentos do Comitê (CERBMA/RS) em relação à carta recebida são a declaração do apoio às demandas indígenas e de ajuda, como for possível, com os trâmites junto à prefeitura e poder público neste revés associado à área destinada aos indígenas. Das estratégias levantadas como importantes para enraizamento de implantação do mosaico com as unidades de conservação Refúgio de Vida Silvestre no Morro São Pedro e Área de Proteção Ambiental no entorno, a principal é a união de frentes – afinal, o tema conservação ambiental deve ser tido como preocupação geral, por afetar a todos. O fortalecimento de amarras entre as UCs pode ser visto como proveitosa tática e a articulação das ideias entre os envolvidos é também fortalecedora da proposta.


Ainda estão pendentes as consultas às outras tribos indígenas que usam os morros – Kaingang e Charruas. Durante os eventos relacionados à Semana do Meio Ambiente, realizados pela SMAM, houve nova apresentação da proposta para público aberto que participava. As dinâmicas sobre o tema no Comitê e na SMAM deverão ser conduzidas em agendas próprias, mas sempre com a maior integração possível.

CURIO1.png