Buscar

Oficina sobre a cadeia produtiva do pinhão acontece em março, em Porto Alegre

Nos dias 26 e 27 deste mês, o Instituto Curicaca, juntamente com Instituto Amigos da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (IA-RBMA), vai realizar a oficina “Diretrizes do Manejo Sustentável do Pinhão (Araucária angustifólia)”, em Porto Alegre. A atividade faz parte do projeto "Construção participativa de diretrizes de manejo sustentável do Pinhão", coordenado pelo IA-RBMA, que também vai realizar oficinas no Paraná e em São Paulo.


“Quando refletimos sobre a cadeia produtiva do pinhão inevitavelmente estamos pensando sobre a conservação da mata de araucárias. Uma araucária produzindo pinhão é uma araucária em pé”, aponta Alexandre Krob, coordenador técnico do Instituto Curicaca. No estado gaúcho, pouco se sabe sobre a cadeia produtiva dessa semente e isso provavelmente implica em práticas não sustentáveis, conforme avalia Krob.


A oficina pretende envolver órgãos públicos, associações de produtores de pinhão e ONGs ligadas a essa cadeia produtiva. O projeto "Construção participativa de diretrizes de manejo sustentável do Pinhão" tem como objetivo repercutir em políticas públicas nacionais, por meio de um plano de melhoria de todo o processo que envolve a extração e comercialização da semente. O plano vai estar pronto na metade do ano e será elaborado a partir dos resultados obtidos nas três oficinas. As diretrizes definidas deverão oferecer ao Poder Público parâmetros para a formação de mercados sustentáveis. Elas também serão utilizadas, por exemplo, para certificação orgânica e farão parte da normativa que aprova as normas técnicas para a obtenção de produtos orgânicos oriundos do extrativismo sustentável orgânico.


De maneira geral, o projeto quer mapear toda a cadeia de valor do pinhão nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e pretende identificar os principais gargalos e potenciais desta cadeia. Para isso, representantes catarinenses estarão participando da oficina de Porto Alegre e alguns deles já participaram da que foi realizada no Paraná, em Guarapuava. Em São Paulo, a oficina acontecerá em Cunha, nos dias 11 e 12 de abril.

CURIO1.png