Buscar

Projeto do Curicaca para reduzir poluição com plásticos concorre a financiamento europeu

Projeto vai propor diferentes atividades ligadas aos grupos de observadores de aves que movimentam a atividade turística no Parque da Lagoa do Peixe

Entre 28 de março e 10 de abril estará aberta a votação pública e on-line pela qual serão definidos os projetos contemplados pelo financiamento da European Outdoor Conservation Association (EOCA). O Brasil está na disputa com a proposta “Bird Watching to Reduce Plastic Pollution, Brazil” que visa à redução da poluição com plásticos na área do Parque Nacional da Lagoa do Peixe, localizado entre os municípios de Tavares e Mostardas, próximos à Laguna dos Patos (RS). CLIQUE AQUI E VOTE! 

Conduzido pela ONG Instituto Curicaca, que há 21 anos desenvolve trabalhos de conservação e educação ambiental em Unidades de Conservação brasileiras, o projeto vai propor diferentes atividades ligadas aos grupos de observadores de aves que movimentam a atividade turística no Parque. O local tem enorme importância para aves migratórias como flamingos, gaivotas e maçaricos, assim como para mamíferos e répteis marinhos, tais como a baleia franca e a tartaruga-verde.


O projeto, pré-selecionado pela EOCA, agora depende da votação pública para acontecer. Para isso, o Instituto Curicaca reuniu instituições que acreditam na causa e serão “Embaixadoras” do projeto, envolvendo-se com a divulgação da campanha e a mobilização de votos. A estimativa é de que sejam necessários 30 mil votos para ser aprovado.


Sobre o projeto

Tem crescido exponencialmente as notícias sobre mortes de animais causadas pela poluição com plástico nos oceanos. Com essa realidade em vista e conhecendo a importância ecológica do Parque Nacional da Lagoa do Peixe, o Instituto Curicaca propõe esse projeto que envolverá diretamente mais de 700 pessoas e tem o objetivo de reduzir a mortandade dos animais.


A ideia é levar informação e sensibilizar os grupos de observadores de aves e seus guias, que se tornarão multiplicadores do cuidado com a área. Por habitarem o espaço do Parque e serem entusiastas da natureza, através deles o alcance será expandido a veranistas, pescadores, professores e alunos que visitam a área.


Estão previstas atividades como uma exposição fotográfica itinerante, encontros de diagnóstico e sensibilização, eventos de limpeza da praia, oficinas de qualificação e planejamento para gestão de resíduos da pesca e urbanos, sempre focando na redução dos plásticos, na boa gestão e em ações coletivas transformadoras.


Nossos(as)embaixadores(as) e promotores(as)?

São nosso embaixadores: Instituto de Biociências da UFRGS (IB), Núcleo de Educação Monitoramento Ambiental (Nema), Parque Nacional da Lagoa do Peixe/ICMBio, WWF-Brasil e jornal O Eco com sua plataforma WikiAves. Eles que acreditam na importância da proposta e em seus resultados, e querem que ela aconteça. 


Montamos uma rede de promotores, pessoas voluntárias, associadas e colaboradoras do Curicaca que vão amplificar a busca de votos nas redes sociais. São nossos Protetores dos Oceanos e você pode ser um deles. Junte-se a nós!


Para aderir à campanha, entre em contato pelo telefone 51 33320489 ou pelo e-mail curicaca@curicaca.org.br.


Sobre o Instituto Curicaca

O Instituto Curicaca é uma organização não-governamental sem fins lucrativos que atua política e tecnicamente pela conservação do meio ambiente, pela valorização da cultura e pela promoção do desenvolvimento sustentável na Mata Atlântica, no Pampa e na Zona Costeiro-Marinha e mais recentemente na Amazônia. Nossa atuação tem caráter ambientalista, social, educacional, cultural e científico. Há 21 anos atuamos junto às Unidades de Conservação e as comunidades que vivem e trabalham em seu entorno.


Mais informações: www.facebook.com/institutocuricaca ou www.curicaca.org.br

CURIO1.png