Buscar

Projetos Político-Pedagógicos escolares são avaliados na região da Campanha e da Quarta Colônia



Dando continuidade às oficinas de Educação Ambiental que o Instituto Curicaca iniciou em março deste ano, através do Projeto RS Biodiversidade, uma terceira etapa foi iniciada, dos dias 24 a 27 de junho em Santa Maria e de 30 de junho a 3 de julho em São Borja, com foco na discussão dos Projetos Político Pedagógicos das escolas em que atuam os professores participantes. Com uma análise caso a caso dos PPPs foi possível identificar os gargalos de que padecem os currículos escolares quanto à inserção da temática do meio ambiente e de que forma os professores podem proceder junto às suas entidades de ensino para que alterações sejam fomentadas.


Dos PPPs analisados, mais de 70% não apresentam em seus escopos referência às questões ambientais e, quanto aos restantes, pôde-se observar a existência de algumas diretrizes gerais que, no entanto, não norteiam atividades nas quais os alunos teriam envolvimento direto com a temática ambiental. Em função dessa fragilidade, que não é exclusividade das regiões da Campanha e da Quarta Colônia, pelo contrário, diz respeito à realidade predominante nos Projetos Políticos Pedagógicos do ensino público no estado, foram pensadas, junto ao grupo, algumas estratégias de intervenção.


Os PPPs são geralmente atualizados bienalmente em cada escola, assim, os professores participantes da oficina almejam levar aos seus locais de trabalho e aos colegas uma qualificação dessa visão sobre meio ambiente, de modo que possam atingir os tomadores de decisão a se comprometerem com mudanças. Nas duas etapas anteriores da oficina foram desenvolvidas dinâmicas, vivências na natureza e atividades de percepção sensorial que apontam de que forma os alunos podem ser envolvidos e instigados a uma conscientização sobre a biodiversidade, sua conservação e uso sustentável. Resta que as ideias apreendidas sejam formalizadas e inseridas nos projetos político-pedagógicos e, para tanto, depende-se de um esforço coletivo.


Esta terceira etapa das Oficinas com foco nos PPPs contemplará, ainda, a região do Escudo Rio-grandense, a partir do dia 11 de agosto, e o Litoral Médio, começando no dia 26 de agosto.

CURIO1.png