RPPN Mata do Professor Baptista

O naturalista e conservacionista Luiz Baptista decidiu doar sua Reserva Particular ao Instituto Curicaca, um legado para a conservação da Mata Atlântica à qual tem dedicado uma vida inteira. A cerimônia de doação vai acontecer na tarde do dia 18 de dezembro, em Dom Pedro de Alcântara (RS), em meio às festividades de fim de ano da ONG.

Nós, associados do Curicaca, estamos muito felizes em assumir essa responsabilidade. O professor emérito da UFRGS é nosso associado desde 2006 e na década de setenta comprou um pedaço de terra para preservar a floresta atlântica de terras baixas, criticamente ameaçada. Em 2009 ajudamos a criar ali uma reserva federal, assumimos a cogestão, elaboramos o plano de manejo e temos apoiado a sua implantação. Agora vamos assumir integralmente o compromisso e o Baptista será nosso conselheiro permanente.

Para realizar essa doação, haverá custos de transmissão, os quais não dispomos, mas sabemos que podemos levantar junto com muitos que nos acompanham, conhecem nossa dedicação de décadas pela Mata Atlântica e querem fazer parte desse momento. Serão os primeiros “Amigos da RPPN”, grupo que estamos criando para se juntar a nós na implantação da Reserva, nos esforços para a sua ampliação, na consolidação do seu papel central nos microcorredores ecológicos, na restauração ecológica e no enfrentamento da crise climática. Mas se isso não é suficiente para te motivar, também queremos transformar a RPPN na maior reserva privada da região sul do Brasil e reintroduzir ali a onça pintada, que ocupava a região. 

Isso ainda é pouco? Então vem mais. Vamos criar ali um portal de entrada para todo o conjunto de áreas protegidas da região entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Você poderá penetrar numa das áreas mais biodiversas da Mata Atlântica, ver muitíssimas espécies da fauna e da flora ameaçada que só ocorre ali, ouví-las, cheirá-las, sentir suas vibrações e se conectar com um Planeta que está desaparecendo. E se você for nosso parceiro, não só doando agora, mas doando todos os meses, estará fazendo parte dessa revolução na conservação. Pare de perder tempo com abaixo assinados, com postagens dentro da sua bolha nas redes sociais e junte-se a nós. Talvez essa seja a última chance de vocês aplacar seu coração, deixar de lado os sofrimentos que sabemos que está sentindo com tanta destruição da natureza e perda de valores, sentir-se útil e parte de um processo que deverá mudar completamente o futuro dessa e das próximas gerações.

Então, se você quiser ajudar, entre no link ... e veja as categorias de contribuição financeira disponíveis. Fora do padrão comum, nós não temos uma meta financeira. Isso seria muito limitante para os sonhos que temos, mas garantimos que, de forma transparente, todo o recurso arrecadado será aplicado na gestão da RPPN. Se não tiver como ajudar dessa forma, há outras maneiras, por exemplo compartilhando essa iniciativa com seus colegas, amigos e familiares. Juntos, somos fortes para enfrentar os grandes desafios desse Planeta e para os quais uma RPPN efetiva e cada vez maior é parte da solução.

Situação - Contínuo desde 2010

Parceiros - Centro de Ecologia da UFRGS, Fundação Zoobotânica, Sema/RS, PUCRS,
Nupecce/UNESP, INCRA


Financiadores - Fundação Grupo Boticário, MDA


Equipe Técnica - Instituto Curicaca: Alexandre Krob, Caroline Diegues, Ismael Verrastro Brack, Bruna Arbo Meneses - UFRGS: Andreas Kindel - FZB: Jan Carel Felix Mähler Jr., Glayson Bencke, Maria do Carmo Both - Sema/RS: André Osório, Paola Stumpf, Denise Machado - PUCRS: Eduardo Eizirik - NuPeCe: Maurício Barbanti.