Planejamento dos corredores ecológicos na Região da Quarta Colônia

O Instituto Curicaca foi selecionado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente, através de licitação pública, em XXXX como executor técnico do projeto de Corredores Ecológicos na Região da Quarta Colônia no Rio Grande do Sul. A análise compreendeu todos os municípios da região de Quarta Colônia (Agudo, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Ivorá, Nova Palma, Pinhal Grande, Restinga Seca, São João do Polêsine e Silveira Martins), além de Itaara e Santa Maria. A iniciativa, que integrou o projeto RS Biodiversidade, foi uma das ações da FEPAM e foi demandada pelo CONDESUS, o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável da Quarta Colônia.


Dez áreas florestais que estavam isoladas, seja por intervenção da agricultura ou pelo impacto das cidades, foram interligadas pelos Corredores, permitindo a circulação de fauna local. Os tipos de vegetação predominantes na região, que corresponde principalmente à Depressão Central do Rio Grande do Sul, são os banhados, várzeas e as matas de galeria, que circundam rios de pequeno porte.
 

Após o desenho do projeto, como um primeiro passo para a implementação dos Corredores, foram realizadas oficinas de  planejamento com a comunidade local, a fim de recolher subsídios para o aperfeiçoamento do projeto e promover a integração, troca de conhecimentos e formação de parcerias com a comunidade local, possibilitando a manutenção e o gerenciamento regional da biodiversidade em uma área piloto da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Situação: concluído


Equipe envolvida: 


Parceiros: 


Apoio Financeiro: 

CURIO1.png