top of page
Buscar

Novas condutoras de visitantes para a Lagoa do Peixe

Turistas que queiram visitar o Parque Nacional da Lagoa do Peixe e ter o apoio de jovens condutoras da comunidade local podem procurar as meninas formadas pelo Instituto Curicaca. Após um curso que iniciou de forma virtual por causa da Pandemia e teve muitas dificuldades de continuidade, aqueles que chegaram ao fim tiveram uma formação completa, que soma as exigências da Instrução Normativa do ICMBio e as necessidades complementares determinadas pelo Instituto Curicaca. A iniciativa foi apoiada pela Fundação Grupo Boticário.



A qualificação com uma carga horária de 50 horas, incluiu seis módulos teóricos e uma parte prática de campo ao final. Foram abrangidos temas como história e cultura local, biodiversidade e alvos de conservação, paisagem e da geografia regional, ameaças à biodiversidade, poluição dos oceanos por plásticos, SISNAMA e legislação ambiental, turismo e sustentabilidade, gestão do Parque, técnicas de condução de visitantes, educação ambiental em trilhas, conduta consciente em áreas protegidas, procedimentos de contingência e de primeiros socorros, planejamento de trilhas, dentre outros. Para alcançar esse conteúdo tiveram a mediação de cerca de 20 técnicos especializados.


O curso teve aonda uma parte de ênfase na observação de aves, com biologia, principais ameaças, processos evolutivos, aves aquáticas e marinhas, aves migratórias da Lagoa do Peixe e os flamingos como espécie bandeira, observação de aves no Brasil e na Lagoa do Peixe. A parte prática, ao final, foi voltada para técnicas de condução em trilha e variações da observação de aves em diferentes ambientes, dinâmicas de sensibilização, de envolvimento do grupo e de despertar da consciência ambiental.


Comments


bottom of page